4 de fevereiro de 2016

Resenha: A Última Carta De Amor - Jojo Moyes


Fala Galera, tudo certo?

Jojo Moyes é aquela autora que todo mundo fala bem, mas eu nunca li nada, até que em uma das minhas idas à livraria, como quem não quer nada (até parece) acabei trazendo A Última Carta De Amor pra casa.

Editora: Intrínseca
Autora: Jojo Moyes
Ano: 2012
Páginas: 384

Sinopse: "Londres, 1960. Ao acordar em um hospital após um acidente de carro, Jennifer Stirling não consegue se lembrar de nada. Novamente em casa, com o marido, ela tenta sem sucesso recuperar a memória de sua antiga vida. Por mais que todos à sua volta pareçam atenciosos e amáveis, Jennifer sente que alguma coisa está faltando. É então que ela descobre uma série de cartas de amor escondidas, endereçadas a ela e assinadas apenas por “B”, e percebe que não só estava vivendo um romance fora do casamento como também parecia disposta a arriscar tudo para ficar com seu amante. Quatro décadas depois, a jornalista Ellie Haworth encontra uma dessas cartas endereçadas a Jennifer durante uma pesquisa nos arquivos do jornal em que trabalha. Obcecada pela ideia de reunir os protagonistas desse amor proibido — em parte por estar ela mesma envolvida com um homem casado —, Ellie começa a procurar por “B”, e nem desconfia que, ao fazer isso, talvez encontre uma solução para os problemas de seu próprio relacionamento."

Como vemos na sinopse o livro vai contar a história de Jennifer que após sofrer um acidente acorda em um hospital sem se lembrar, não somente de como foi parar ali, mas de quem ela é, quem é sua família, como é seu relacionamento com eles e como/onde vivem. Após um tempo tentando se adaptar ela descobre cartas de amor que não são de seu marido e sim de um amante e aquele sentimento volta a apertar seu coração. Ela sente algo por outra pessoa, mas não se lembra quem é ou como aconteceu. 

Essa primeira parte do livro é bem lenta, vamos acompanhando a adaptação da Jennifer nesse mundo que ela mal conhece e os capítulos são intercalados com narrativas de antes do acidente e o presente. Uma coisa que me incomodou um pouco foi a forma que a traição é abordada, o marido dela é um nojo e o amante, lógico, mais galante, isso faz com que o leitor deseje que ela fique com o "B", mas não é bem assim. Eu não suporto traição independente dos motivos que levam a pessoa fazer isso, então fiquei um pouco incomodada sim, por mais que casamentos naquela época eram diferentes e a mulher não era praticamente levada em consideração, ainda fiquei um pouco relutante.

No livro há um salto temporal para os dias de hoje já contando a história de Ellie, uma jornalista, que também vive nesse mundo de traição só que no papel da amante e é aí que a trama me prendeu de verdade. Quando chegou nesse ponto da história eu não conseguia largar mais, foi ficando cada vez mais envolvente e desejando um final feliz pra todos que participaram nem que fosse com uma frase apenas na história.

Volto a destacar como o casamento ocorria no passado, esse livro me fez pensar em como a mulher era tratada como nada e tinha que ficar quieta se não ia ganhar a ira do marido ficando cada vez mais à sombra dele. Isso foi me dando cada vez mais aflição, vontade de entrar no livro e gritar "NÃO FALE ASSIM COM ELA".

Enfim, o livro é bom, muito bem escrito, personagens construídos com perfeição. Só o ritmo da história que ficou melhor no final. Quero ler outros da mesma autora!

6 comentários:

  1. Oi Mari!
    É verdade...todo mundo fala bem da Jojo Moyes. Foi por isso que me aventurei a ler um dos livros dela (A Casa das Marés), mas não gostei nada. Sempre tive curiosidade de conferir "Como eu era antes de você", mas fiquei tão traumatizada que, diferente de você, não pretendo ler mais nada da autora, rsrs. Que bom que a sua experiência foi melhor do que a minha.
    Beijos,
    alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que nós começamos pelo livro errado dela kkkkk

      Excluir
  2. Oi, Mariana, tudo bem?

    A Jojo é uma das minhas autoras preferidas, mas ainda não li esse livro em questão. Mas só leio elogios sobre ele e vindo da Jojo eu não posso esperar uma leitura ruim. Você já leu Como Eu Era Antes de Você? Se não, leia! É lindo! ♥

    Beijo
    - Tamires
    Blog Meu Epílogo | Instagram | Facebook

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda não, mas pretendo pois todo mundo fala bem!!

      Excluir
  3. Oi, Mariana! Tudo bem? Bom, o livro não faz muito o meu estilo, mas não posso negar que fiquei curioso para lê-lo. Adorei a resenha! :)

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dê uma chance, nunca sabe do que podemos gostar né? rs

      Excluir

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Editado por: Carolina Lopes • voltar ao topo