27 de agosto de 2015

Resenha: Outlander - Diana Gabaldon


Fala galera, tudo bem?

Já recomendei aqui no blog a série Outlander (clique aqui), quando comecei a assistir a série não sabia que era baseada na série de livros da Diana Gabaldon, portanto, dei uma pequena pausa pra ler pelo menos o primeiro e gostei bastante. Então fiquem aí com as minhas opiniões do livro, pois da série vocês já sabem.

Editora: Saída de Emergência
Páginas: 800
Ano: 2014
Adicione na sua estante no Skoob

Sinopse: "Em 1945, no final da Segunda Guerra Mundial, a enfermeira Claire Randall volta para os braços do marido, com quem desfruta uma segunda lua de mel em Inverness, nas Ilhas Britânicas. Durante a viagem, ela é atraída para um antigo círculo de pedras, no qual testemunha rituais misteriosos. Dias depois, quando resolve retornar ao local, algo inexplicável acontece: de repente se vê no ano de 1743, numa Escócia violenta e dominada por clãs guerreiros. Tão logo percebe que foi arrastada para o passado por forças que não compreende, Claire precisa enfrentar intrigas e perigos que podem ameaçar a sua vida e partir o seu coração. Ao conhecer Jamie, um jovem guerreiro escocês, sente-se cada vez mais dividida entre a fidelidade ao marido e o desejo. Será ela capaz de resistir a uma paixão arrebatadora e regressar ao presente? "



Como vocês sabem eu gosto muito do tema viagem no tempo, porém esse livro não é exatamente sobre isso, trata mais de como a protagonista sobrevive após a viagem e a busca dela em voltar pra casa, algo também muito interessante, já que tudo o que sabemos sobre essa época apenas estudamos na escola nas aulas de história. 

Por se passar sua maior parte em 1743 eu fui esperando uma leitura pesada, com termos difíceis e nomes complicados, mas esse não foi o problema, a leitura é pesada em outros aspectos. A autora é bem detalhista e narra algumas cenas de sexo ou ferimentos com muitas descrições, e parece que a quantidade de detalhes vai aumentando conforme o número das páginas. Não é recomendável para leitores muito novos, eu com 18 achei pesado pra mim imagine pra 14/15 anos. E foi por esse motivo que tirei uma estrela do livro.

Os personagens são super bem construídos, a Claire mostra o poder da mulher em uma época que nós não tínhamos voz nenhuma, e todos se surpreendem só pelo jeito dela falar, de ser teimosa e não abaixar a cabeça pra qualquer ordem e isso fica muito evidente pra quem lê.


A história é muito interessante, trata de conflitos políticos e o que os clãs faziam pra se manter, também vemos como as pessoas condenam umas as outras e abominam as "bruxas". Outro ponto muito presente são os mitos, que eram muitos naquela época. No livro são explicados alguns como das crianças trocadas pelas fadas e as pessoas realmente acreditam neles ou se não acreditam preferem não arriscar. São partes da cultura que temos contato com o livro.

No Brasil já foram lançados o segundo e o terceiro que eu pretendo ler também, mas vou dar uma pausa pra não enjoar da história. Enquanto isso vou assistindo a primeira temporada da série que também é muito boa e fiel ao livro. Recomendo os dois!

Eu sou a Mariana Storck e até a próxima!
Beijo!*

Curta nossa Page no Facebook  ❤  Siga-nos no Instagram  ❤  Inscreva-se na Tv Portão Azul

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Editado por: Carolina Lopes • voltar ao topo