6 de agosto de 2014

12 Motivos Para Você Assistir ao Filme O Doador de Memórias



Olá amigos! Como sabem, o filme o Doador de Memórias está quase entrando nos nossos cinemas, para ser precisa a estréia será dia 11 de Setembro, então os nossos amigos da Paris Filmes estão ansiosos para que todos saibam o quanto este filme será bom, sendo assim eles nos enviaram os 12 Motivos Para Você Assistir ao Filme O Doador de Memórias, e o Portão Azul tem o prazer de compartilhar com os nossos leitores.


  


Lançamento: 11 de Setembro de 2014
Nacionalidade: EUA
Direção: Phillip Noyce
Elenco: Brenton Thwaites, Jeff Bridges, Meryl Streep, Taylor Swiflt
Gênero: Ficção Científica, Fantasia, Drama

Uma pequena comunidade vive em um mundo aparentemente ideal, sem doenças nem guerras, mas também sem sentimentos. Para tanto uma pessoa é encarregada a armazenar estas memórias, de formar a poupar os demais habitantes do sofrimento e também de guiá-los com sua sabedoria. Quando Jonas faz 12 anos, é escolhido para ser o Receptor de Memórias da comunidade. Ele entra em treinamento com um velho homem, a quem chamam O Doador. Do Doador, Jonas aprende sobre dor, tristeza, guerra e todas as verdades infelizes do mundo “real”, percebendo rapidamente que a comunidade vive em falsidade. Confrontado com a realidade, Jonas enfrenta escolhas difíceis sobre sua própria vida e seu futuro.



1 - A primeira distopia (Percursor do gênero Young adult)

O livro “O Doador de Memórias” foi uma das primeiras distopias. Um novo mundo foi criado, opressão, jogos de poder e temas familiares foram apresentados às pessoas que não conheciam o gênero. O livro é o grande precursor de todos os outros direcionados aos jovens-adultos, onde as distopias ganham vida.



2. Meryl Streep como vilã




A atriz que mais concorreu ao Oscar na história da cerimônia, Meryl Streep, está no elenco de O Doador de Memórias. Ela interpreta a chefe dos anciões e precisa fazer com que a comunidade siga as regras, para que a comunidade continue prosperando. Quando percebe que Jonas está querendo se rebelar, avisa que ele pode ser um perigo e envia Asher para acabar com a ameaça que Jonas pode transmitir para a comunidade.



3. Brenton Thwaites é um ator promissor

O ator de 24 anos, com cara de 16, está conquistando Hollywood. Brenton nasceu na Austrália e depois de formar na escola começou a atuar. Teve dois grandes papéis em séries australianas (Slide e Home and Away) e agora conquistou papéis em grandes produções contracenando com atores como Angelina Jolie, Ewan Mcgregor, Helen Hunt, Gerard Butler e agora com Meryl Streep e Jeff Bridges.



4. Elenco incrível


O elenco de O Doador de Memórias é dar inveja em muitas superproduções do cinema. O filme, além de trabalhar com atores promissores (Brenton Thwaites, Cameron Monaghan e Odeya Rush), conta com dois indicados ao Oscar (Meryl Streep e Jeff Bridges), o astro da série True Blood (Alexander Skarsgård), a atriz Katie Holmes e a ganhadora do Grammy, Taylor Swift.



5. Apresenta experiências importantes e fundamentais na vida

Você consegue imaginar sua vida sem sentimentos? Sem saber de todo o passado? Sem entender o que é uma amizade ou família? Na verdade, ninguém dentro da comunidade pode entender o que é isso. Somente o Doador e agora Jonas, ele vai conseguir sentir, ver e viver coisas que ninguém nunca sentiu e isso será a experiência mais importante de sua vida.



6. Músicas da trilha sonora


A trilha sonora do filme O Doador de Memórias conta com grandes nomes da música mundial. Pra começar, já foi lançado o clipe e o lyric vídeo da música "Ordinary Human", do OneRepublic (veja aqui). Os americanos ainda colaboraram com "I Lived", que também faz parte da trilha do filme. Já dupla pop, Capital Cities escreveu a música One Minute More, que também já foi lançada. Nomes como Tori Kelly, Jake Bugg e Bruno Major completam a trilha sonora, já disponível no iTunes, que segue o ritmo do filme “feel good” do filme.



7. Livro de muito sucesso

Lois Lowry já havia escrito um livro de muito sucesso, mas o reconhecimento veio com a história de “O Doador de Memórias”, lançado em 1993. Ele arrecadou mais de cinco prêmios importantes para a literatura, como a medalha de Newbery. O livro é tão importante que é obrigatório nas escolas americanas e rendeu mais de R$10 milhões de dólares.




8. A história nos faz sentir bem


Todo o conceito por trás da história é uma vida sem escolha e conhecimento. Mas em sua forma o filme te dá uma sensação boa, de alguém que corre atrás do que acredita. As memórias que Jonas começa a conhecer e sentir são lindas. E essas memórias são memórias que nos vivemos, como parte daqueles vídeos que nos emocionamos ao ver na internet.



9. Mostra que vale a pena você lutar pelo que acredita (você pode fazer a diferença)

A sociedade foi construída para nunca duvidar dos poderes e leis que são aplicadas e a vida sempre foi assim. Mas nunca devemos acreditar que não podemos fazer a diferença. Nossa própria capacidade é suficiente para acreditar e quando todos acreditam, é a hora de mudar. Esse é o pensamento de Jonas, ele pode fazer a diferença.



10. Mostra que cada indivíduo tem um papel importante na sociedade


A sociedade permitiu que somente uma pessoa soubesse de toda a história do mundo e a partir disso tudo foi mudado, incluindo todas as questões sociológicas de uma comunidade. Cada pessoa tem sua importância, não importa o gênero e a idade, cada um constitui a comunidade com sua função. Todas as pessoas são regradas e todas tem seu papel a cumprir.



11. Devemos conservar as amizades

Mesmo sua vida sendo inteira observada, algumas pessoas conseguem manter amizades verdadeiras. Entre regras e submissões a amizade pode fazer você aflorar sensações, é nos amigos que podemos confiar e contar. Esse laço de amizade é apresentando em O Doador de Memórias, tanto entre Jonas e Fiona, quanto entre Jonas e Asher.



12. Diretor premiado

Phillip Noyce foi indicado a mais de 20 premiações de cinema e conta com títulos como "Colecionador de Ossos", "Salt" e ainda episódios da série Revenge. O diretor já está acostumado a trabalhar com grandes nomes do filme, pois já dirigiu Angelina Jolie, Harrison Ford, Denzel Washington e agora trabalha com a atriz mais indicada ao Oscar na história do cinema, Meryl Streep.


Trailer


"Quando não há memórias, a liberdade é apenas uma ilusão."

4 comentários:

  1. Sério que essa é uma das distopias mais antigas? Eu nem sabia que o filme era baseado em um livro! hahahaha E como a distopia mais antiga que conheço é de 49, pensei que tinham surgidos outras antes..
    Enfim, mas estou bem curiosa com o filme.. principalmente por causa do elenco =)

    Beeijos, Dreeh.
    Blog Mais que Livros

    ResponderExcluir
  2. Adorei a sugestão e fiquei curiosa tanto para ler quanto para ver o filme!!!
    O post ficou ótimo, parabéns!!!!

    Leituras, vida e paixões!!!!

    ResponderExcluir
  3. Olá, Ana!

    Nesse fds eu assisti Tartarugas Ninjas. Adorei o filme por sinal. Na hora dos trailers, passou esse filme. Fiquei muito curiosa. Não sabia da existência do livro e quandovi o trailer quis logo ler. Mas,,, como não sou normal, vou esperar pelo filme primeiro. Sei que deveria ler e depois assistir, mas não aguento. Rs.

    Bjossssss
    Ane

    ResponderExcluir
  4. A minha única dúvida é se espero pra ler o livro primeiro, ou se assisto logo o filme!

    http://maisumapaginalivros.blogspot.com.br/
    Mais Uma Página

    ResponderExcluir

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Editado por: Carolina Lopes • voltar ao topo